Para Sempre – Alyson Noel

Sinopse-
Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante.

Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons  especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor.

Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar
cada vez mais envolvida… e apaixonada.


Ando batendo meus recordes, e devorando um livro atrás do outro. Daqui a um tempo poderia até me considerar uma pessoa culta, se o que eu leio não fossem romances adolescentes né? Bom, esse livro eu ganhei de aniversário, que foi ontem, e praticamente li sem parar até o fim. No início, fiquei achando meio que uma tentativa de imitar Crepúsculo, e tem algumas coisas bem similares nas histórias. O cara lindo, perefito, com poderes estranhos se apaixona por uma garota esquisita, só que nessa história a “mocinha” também tem superpoderes. Apesar de no fim das contas a história ser diferente de Crepúsculo, tem muita coisa parecida também, tipo os personagens lêem mentes, o cara não envelhece, não come, e a menina acha que ele é um vampiro, o que ele acha ridículo. Mas a história tem mais alguns elementos bem diferentes, como uma coisa meio espírita, misturada com alquimia e mais um monte de esquisitice. Como fã da saga Crepúsculo, não vai ser novidade eu afirmar que a história não chega aos pés dela, e principalmente, o tal de Damen, não chega nem perto do encantamento do Edward, e que a Ever é uma pentelha mimada, chata por chata, prefiro a Bella. Mas então… o livro tem continuação (é claro, mais uma coisa imitando Crepúsculo….) e chama Lua Azul, e para não perder o pique, é o que eu vou ler a seguir.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s