Meus livros preferidos em filmes

Alguns dos livros se tornam quase personagens em um filme, como é o caso de alguns dos meus preferidos nos filmes que eu cito abaixo e que fazem parte da minha coleção de DVD’s.

  Jane Eyre (Charlotte Brontë) em Três Vezes Amor (Definitely, Maybe) – April (Isla Fisher) queria um par de brincos de aniversário, mas ao invés disso ganhou do pai o livro Jane Eyre com uma dedicatória para ela. Ela despreza o presente, o pai morre pouco tempo depois, e o livro foi perdido. Na busca por aquele exemplar específico do romance ela acaba colecionando várias cópias do livro, até que alguns anos depois o livro com a dedicatória do pai é devolvido para ela por Will (Ryan Reynolds).

O Amor nos Tempos do Cólera (Gabriel García Marquez) em Escrito nas Estrelas (Serendipity) – Sarah (Kate Beckinsale) e Jonathan (John Cusack) se conhecem por acaso e tem uma química instantânea; ela escreve seu nome e telefone numa cópia de O Amor nos Tempos do Cólera e em seguida o vende em um sebo. Segundo a teoria dela, se o livro cair nas mãos de Jonathan novamente é porque o destino quis uni-los, senão é porque simplesmente não era para ser. Durante cinco anos ele entra em todas as livrarias e sebos da cidade procurando por aquele exemplar que ele tanto quer.

Orgulho e Preconceito (Jane Austen) em Mensagem para Você (You’ve Got Mail) – Kathleen (Meg Ryan) dona de uma pequena livraria já leu Orgulho e Preconceito mais de 200 vezes, mas toda vez ela se preocupa se Darcy e Elizabeth vão ficar mesmo juntos. Ela fala sobre o livro com o amigo virtual Joe (Tom Hanks) que vem a ser o magnata dono de uma rede de livrarias que está acabando com a livraria dela. Eles discutem o livro em várias ocasiões e em uma delas ele a compara com Elizabeth Bennet por não querer perdoá-lo por ter levado o negócio dela à falência.

Persuasão (Jane Austen) em A Casa do Lago (The Lake House) – Persuasão é o livro preferido de Kate (Sandra Bulock) e um dia ela esquece o livro em uma estação de trem, e Alex (Keanu Reeves), o homem com quem ela se corresponde e que está separado dela por dois anos no tempo, o encontra e promete devolvê-lo para ela quando se encontrarem. Mais tarde quando eles se encontram ele pergunta para ela se ela já leu Persuasão e eles falam sobre o livro. Persuasão foi usado como base para o roteiro desse filme


3 Comentários on “Meus livros preferidos em filmes”

  1. Daniela disse:

    Legal…Isso é uma verdade. Acabamos por conhecer os livros através das citações nos filmes.
    No filme “O jogo do Amor” a protagonista cita “Café da manha no Thiffany´s – Bonequinha de luxo” como seu livro favorito, depois de ver o filme fui obrigada a comprar o livro..muito bom por sinal.
    Parabéns pelos post´s!!

  2. ANgelicCA disse:

    Eu amo esses filmes. Ja vi tres vezes amor umas 3 vezez. e nem lembrava que o livro querido da personagem era Jane Eyre. Em serendipty, eu amei aqueles dois. amo john cusack,
    A casa do lago tive que comprar,… amei de Paixão. foi ali que ouvi pela primeira vez sobre persuasão. e decidi que leria. Mas ja o amava antes de ler… Depois conheci Mensagem pra vc, e eu ja amava Tom Hanks e Meg Ryan. juntos então…. delicia.

  3. Em Never been Kissed (Nunca fui beijada) a aula da nova aluna de literatura está pautada num conta extraordinário de SHAKESPEARE (Como Queiras) que por sinal parece com a estória da personagem no filme e também ela e o garoto cobiçado vão vestidos como os personagens principais da peça. O livro é belíssimo. Recomendo a leitura a todos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s