Tess of the d’Urbervilles – BBC 2008

Está fazendo 6ºC lá fora e o sol não faz uma aparição há pelo menos cinco dias. O que fazer então? No meu caso ler, traduzir e assistir mais algumas adaptações de romances clássicos. Essa semana assisti alguns, entre eles Tess of the d’Urbervilles (BBC 2008) baseado no romance de Thomas Hardy. 

Tess of the d’Urbervilles é uma estória linda, mas muito, muito triste. Tess Durbeyfield leva uma vida muito pobre mas tranquila até o dia em que o pai dela descobre que eles são descendentes de uma família nobre e rica, os d’Urbervilles. A fortuna dessa família já está extinta, mas a mãe de Tess a manda procurar os últimos d’Urbervilles, que na verdade se chamam Stokes, o sobrenome d’Urberville foi comprado, para reclamar o parentesco e conseguir alguma vantagem com isso. Chegando à casa dos d’Urbervilles, Tess conhece Alec d’Urberville, que tem a palavra ‘cafajeste’ praticamente escrita na testa, e ele se encanta por ele e decide seduzi-la. Para mim Tess foi estuprada por Alec, embora a cena seja muito sutil, mesmo que depois ela diga que foi ‘compelida.’ Tess volta para casa e algum tempo depois dá a luz à um filho, que ela dá o nome de Sorrow (tristeza), mas a criança morre logo depois. E é depois de todo esse sofrimento que ela conhece o amor na forma de Angel Clare, filho de um clérigo que sonha em ser fazendeiro. Eles se apaixonam e ele pede Tess em casamento. Relutantemente ela aceita, e tenta diversas vezes contar à ele sobre seu passado, mas não consegue. Na primeira noite casados é que Tess conta para Angel o que aconteceu entre ela e Alec, e Angel a despreza por isso.

Tess e Angel

Não vou entregar o resto da história, já acho que entreguei demais! Mas prepare-se porque a pobre Tess sofre do início ao fim. O que mais dizer. Além da história linda, embora triste, essa adaptação é de tirar o fôlego com as lindas paisagens. Adorei a cena da dança no início do primeiro episódio. Link para baixar: Tess of the D’urbervilles


14 Comentários on “Tess of the d’Urbervilles – BBC 2008”

  1. Sandra disse:

    Olá Samanta.
    Tenho há já bastante tempo esta série para ver que sei que não me vai desapontar. Acho que estou a guardar para um momento especial… Tenho pena é de não encontrar a versão do livro em português. Sabes se existe?

    Ah! Invejo os vossos 6ºc porque aqui, em Portugal, está muito calor. E eu, infelizmente não sou grande fã de calor. Sol sim, calor não…🙂

    Bjs

    Sandra

    • samantaf2010 disse:

      Oi Sandra,

      Dei uma pesquisada na internet e a princípio Tess of the D’Urbervilles nunca foi publicado em português. Uma pena não é?

      Eu também não gosto do calor, no verão aqui temos quase 40°C e no inverno, pelo menos aqui no sul do Brasil onde eu moro, faz muito frio. Gostaria de morar em um lugar que fizesse 20°C durante o ano inteiro.

      Um abraço,
      Samanta

    • Bia disse:

      Esse livro foi publicado em 1984 aqui no Brasil. Busque no Mercado Livre que vc acha.

  2. Margareth disse:

    Eu amei a versão em filme de 1979 – “Tess”, do Roman Polanski, com a Natassja Kinski, que perdeu o Oscar de 1981 para “Gente como a gente”, do Robert Redford. Peter Firth, o Harry Pearce, de Spooks, faz o papel de Angel Clare. A censura era para 16 anos, eu tinha 14, mas consegui entrar. Chorei até cansar…

    • Essa história da Tess é muito triste. A coitada sofre do início ao fim.
      Não assisti a outras versões ainda, sei que tem uma de 98 com a mesma atriz Justine Waddell que fez a Molly em Wives and Daughters de 99.

  3. Andresa Ildefonso disse:

    nossa, é a minha segunda história predileta. Vou começar a traduzir o livro, já que encontrá-lo traduzido é uma raridade. Essa versão de 2008 é maravilhosa. Gemma Arteton está perfeita como Tess, realmente dá um show de interpretação. É uma história triste, mas muito boa.
    Ps NÃO SEI COMO ESSA SÉRIE NÃO FOI TÃO PREMIADA, APENAS 3 INDICAÇÕES. MUITA INJUSTIÇA.

    • Ana Souza disse:

      Amiga, adoraria saber qual é a sua primeira série! Será um prazer assisti-la!

      Acabo de ver a versão 2008 e é realmente uma obra prima. Excepcionais interpretações, história lindamente conduzida… Um enredo muito original e isso me leva ao escritor. Tem algo mais dele interessante? Já estou pesquisando!

      Enquanto isso, vou baixar a versão de Roman Polanski, monstro sagrado do cinema. Assistirei saboreando!

      Quero mais dicas como essa!!!!!!!!!!!

      Meu coração está partido…

      Beijinhos, meninas…

  4. Marta disse:

    Por favor gostaria de pedir se alguém tiver a série Tess of the Urbervilles completa e legendada disponibilize por favor. Adorei mas só consegui assistir as 3 primeiras parte o restante não encontrei. Obrigado Marta.

  5. Alyne disse:

    Olá boa tarde!!!!
    Estou muito interessada em assistir o filme ou mesmo ler o livro.. Alguém sabe como posso comprar o livro ou assistir o filme?
    Obrigada

  6. Fátima Galdino disse:

    Estou interessada em adquirir a versão da série Tess of the Durbervilles. Obrigada Fátima.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s