Jane Eyre – 2011

Há mais de um ano eu esperava pela estréia desse filme, e finalmente percebi que aqui no Brasil não vai passar nos cinemas. A estréia na Inglaterra foi em Março de 2011, mas por aqui nada foi divulgado então acredito que vá direto para DVD. Como isso ainda pode levar muito tempo resolvi procurar o filme para download. Depois de várias tentativas consegui encontrar o filme em arquivo AVI de alta qualidade, mas não tem legenda.

Eu assisti a série da BBC de 2006 e em seguida li o livro, e me apaixonei pela história. É difícil não fazer comparações entre a série e o filme, mesmo que seja injusto pois o filme tem metade da duração da série. Um ponto que sempre conto a favor em adaptações é a fidelidade à obra original, e essa versão de Jane Eyre não decepciona nessa parte. A única mudança maior é que o filme começa com Jane perdida nas montanhas e sendo encontrada por St. John Rivers; a partir daí a história é contada em flash-backs, das crueldades sofridas na infância ao romance com Mr. Rochester. O que realmente senti falta foi daquele toque de humor obscuro que existia nas conversas entre Jane e Rochester, que na série foi tão bem retratado, e principalmente daquela parte em que ele se veste de cigana para ‘ler’ a mão de Jane. De resto o filme é muito bom; o final eu diria que foi um pouco apressado demais. As 17 páginas do reencontro deles no livro, viraram isso:

Rochester: Pilot. Quem está aí? Esta mão. Jane Eyre. Jane Eyre.
Jane Eyre: Edward, eu voltei para você. Fairfax Rochester, sem nada para dizer.
Rochester: Você é completamente um ser humano Jane.
Jane Eyre: Eu conscientemente acredito que sim.
Rochester: Eu sonho.
Jane Eyre: Desperte então.

E fim! Nem acreditei quando subiu a tela com os créditos. É tão bonito o reencontro deles no livro e na série, gostaria que eles tivessem mostrado mais disso. Quando Rochester conta para Jane que chamou por ela em desespero, e que ela percebe que ouviu ele há quilômetros de distância, como se suas almas estivessem conectadas. Simplesmente lindo. Jane Eyre é interpretada por Mia Wasikowska (Alice no País das Maravilhas), e Michael Fassbender é o Mr. Rochester. Ainda prefiro o Toby Stevens, sem dúvida, ele é mais charmoso. Não posso deixar de mencionar a Judi Dench como a Sra. Fairfax. Adoro o trabalho dela, da megera Lady Catherine em Orgulho e Preconceito à adorável Miss Matty em Cranford, ela é maravilhosa. Uma curiosidade, acredito que a casa do Mr. Rochester,Thornfield Hall, é a mesma da série de 2006, Haddon Hall, segundo o IMDB e wikipedia. Hum… me deu vontade de ler o livro de novo! 18/08. Link para download avi + legenda: Jane Eyre – 2011


19 Comentários on “Jane Eyre – 2011”

  1. Sandra disse:

    Olá Samanta.

    Aqui em Portugal esse filme já esteve nos cinemas mas por pouco tempo e com muito pouca divulgação. Infelizmente não cheguei a ver porque aqui onde moro (e que até é bastante central) só esteve num cinema e quando me decidi a ver, o aparelho de projeccção tinha avariado e depois disso nunca mais exibiram o filme.

    Tento até hoje fazer download do filme mas não consigo. Conforta-me que não deve tardar muito a sair para DVD.

    Também gostei muito da versão de 2006. Estava à espera que o Michael Fassbender me surpreendesse mas já vi, pelas opiniões quase gerais, que não vai.

    Beijinho

    Sandra

    • Oi Sandra,

      Eu fiz várias tentativas de download, 3 delas o arquivo estava corrompido, mas ontem finalmente consegui. Eu assisti com legendas em inglês mesmo. Se quiseres tenho o arquivo de torrent para baixar o filme. Sempre imaginei o Mr. Rochester feio e obscuro, mas de certo modo charmoso, e o Toby Steven (2006) foi perfeito, acho difícil de alguém superá-lo.

      Bjos.

  2. Sandra disse:

    Se me puderes mandar então o link para baixar o filme, agradeço-te.

    Sandra

  3. Nice disse:

    Samanta, que blog delicioso esse…adorei tudo…e vou te segui sempre. Pode???
    Um beijão…adoro Jane Austen…

  4. Nice disse:

    Samanta, que blog delicioso esse…adorei tudo…e vou te segui sempre. Pode???
    Um beijão…adoro Jane Austen…e adorei muito o seu blog

  5. Verena disse:

    Eu não gostei dessa versão, principalmente por conta do Mr. Rochester, não desenvolveram quase nada o personagem e no pouco que foi feito pareceu muito diferente do livro, afinal mesmo um tanto melancólico é um personagem com certa dose de humor… Além disso não consegui ver em momento algum a paixão arrebatadora crescendo entre o Mr. Rochester e a Jane, como foi tão bem mostrado na série de 2006… Jane Eyre é meu livro favorito e estava esperando com muito entusiasmo essa adaptação e fiquei um tanto decepcionada.

    Para não dizer que foi tudo terrível a cena da conversa após a descoberta da Bertha foi fantástica, dava pra sentir o desespero nos personagem, ele apertando o pescoço e dizendo que poderia quebrá-lo como um pássaro realmente foi comovente.

    P.S. Terminei de ler os Diários traduzidos, estavam ótimos!

    • Depois que terminei de ver o filme eu fui ler algumas passagens do livro de novo, e realmente o que mais senti falta nessa versão é o humor meio obscuro que havia entre Jane e o Mr. Rochester desde o início. Isso fez toda a diferença!
      A série de 2006 é insuperável. O Toby Stevens consegue dar aquela mistura de obscuridade e charme como ninguém.
      Sabe que eu não lembrava direito daquela parte em que ele tenta convencê-la a não ir embora? Fui uma das partes que revisitei no livro, e realmente no filme ficou muito bom.

      Fico feliz que tenha gostado dos diários.😉

  6. Verena disse:

    Sim, no livro a passagem é bem longa, mas mesmo sendo curitnha no filme achei que eles resumiram com tanta beleza, que de fato passou bem a mensagem.

  7. Luciana Campelo disse:

    Eu estava na expectativa de assistir este filme no cinema, mas como vejo que não vai rolar nem tão cedo no Brasil, só estou aguardando então as legendas em português para que eu possa baixar o filme.

    Eu amei a série de 2006, mas como é injusto comparar uma série de várias horas, com o filme, de no máximo 2 horas, então pretendo assistir este filme de coração aberto e não pensar em comparações.

  8. Luciana disse:

    Samanta,

    Obrigada! Vou querer sim as legendas e o torrent, pode enviar para o meu e-mail.🙂

  9. Luciana Campelo disse:

    Samanta,

    depois de dois dias conseguir finalizar o torrent do filme e hoje a noite assistirei com muito prazer. Eu prefiro assistir o filme quando as minhas obrigações noturnas estiverem finalizadas e que todos estejam dormindo, para que não tenha interrupções.🙂

    Até baixei as músicas do filme, que é do mesmo produtor musical do filme “O&P” e “Desejo e Reparação”, o ótimo Dario Marianelli.

    Um abração.😉

  10. Karen disse:

    Oi Samanta! Fiquei curiosa pra ver essa adaptação de Jane Eyre! Será que você pode me enviar o torrent e a legenda por email!? Obrigada!! Abç!! =)

  11. solange simões disse:

    Bom, eu não gostei dessa versão. Não há muita paixão como na versão de 2006. Depois de assistir “Shame” como o Michael Fassbender, não há como acreditar que ele é um homem apaixonado pela Jane Eyre!! Toby Stevens é insuperável nesse papel!! Agora – vamos combinar – os dois são lindooossss!!

  12. jaqueline disse:

    Meninas!
    segundo o comentário do diretor Cary Fukunaga, O Michael pediu para que sua interpretação de Mrs Rochester fosse baseado em seu personagem literário predileto – o Heathclif (o Morro dos ventos uivantes), por isso, acho eu, que o seu personagem é mais denso, atormentado, mais rude do que o personagem de Tobby Stevens. além disso a atriz da série sorri demais ,a Jane do livro é mais reservada, séria , tem percepção e inteligência, assim como a Mia interpretou . Os diálogos entres eles, Mia e Fassy são bem mais inteligentes e argutos, a cena do Carvalho ( eu não sei o nome da árvore) em que ela confessa seu amor ao Sr. Rochester é brilhante!
    E dizer que Michael não esta charmoso!!!!!!!!
    Há até uma curiosidade sobre a filmagem da cena em que Jane encontra o sr Rochester pela 1ª vez, eles estão numa estrada proxima a Thornfield e o cavalo se assusta e cai . Bem, essa cena teve que ser gravada várias vezes, pois todas as vezes que o Fassy (apelido do Michael Fassbender) subia no cavalo, o animal ficava excitado (muuuuiito , pois não dava para gravar) , a pricipio acharam que era por causa da Mia ( achavam que o cavalo se excitava com ela ,por ser mulher) , tiraram ela da cena , mas não adiantava , toda vez que Michael subia era a mesma coisa , até que depois de várias tentativas conseguiram filmar . Então o Diretor comenta que Michael Fassbender exerce um grande poder sexual não apenas sobre seres humanos como também no reino animal.Outra curiosidade, quando os executivos da Universal, Foccus souberam que haveria uma cena em que ele apareceria + ou – nú(cena do fogo no quarto, provocado por Bertha) fizeram fila para assistir a gravação , mas o Michael usou uma “camisola” , só que é claro que não tinha nada por baixo!
    Bom , já deu para perceber que eu AMO o Michael Fassbender e que nada nem ninguém vai me convencer que o Mrs Rochester dele não é maravilhoso e amo a versão do filme de 2011, quase toda semana assisto um pedaço do filme , quando leio o livro é a imagem dele e da Mia que eu vejo.

    bjs a todas.

    • Daianara Gomes disse:

      Jaqueline , finalmente achei alguém que defenda o Michael o cara esta ótimo no filme amei o filme e claro sem ler o livro mas tbm fiquei surpresa com aquele final e ao ler o livro pensei tinham que fazer esse filme durar 4 horas esse delicioso do Michael merece , e olha o pessoal vai amar, se não viram ainda, o filme shame o Michael aparece como veio ao mundo ,ah se a Jane soubesse o que esperava por ela!!!!!!!!!!!!!!
      So´ uma observação devia ter uma cueca sim embaixo daquela camisola pois o que é visto no filme Shame seria logo notado kkkkkk


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s