E as mãos dizem tudo…

Uma coisa que gosto em O&P é a importância que foi dada para a delicadeza de certos gestos, e essa cena do Darcy pegando na mão da Elizabeth é linda. Diz tanto sem utilizar nenhuma palavra!


16 Comentários on “E as mãos dizem tudo…”

  1. Simone Lima disse:

    Ai e com essas mãos e esse olhar…..ai,ai (suspirando)

  2. Lia Christo disse:

    Ai esta cena é linda mesmo! Tão delicada…
    Sempre fico pensando que foi neste momento que Darcy sentiu que Elizabeth lhe tocava de alguma maneira. Que ela mexia com ele…
    Não canso de olhar esta cena… E as mão do Matthew são de suspirar…

  3. Ester Marinho França disse:

    Essa é uma das cenas que assistindo dá primeira vez é como se nada fosse acontecer, más quando as duas mãos se encontram é como se um raio de sol iluminasse a mente e o coração de cada um deles fazendo com que um arrepio tomasse conta das dois e de nós pobres espectadoras. Ai Ai Ai Ai, não canso de ver também!!!!!!!!!!!!!!!!!

  4. Juliana Ganem disse:

    CENA MARAVILHOSA!!!*–*
    É incrível como pequenos gestos demonstram com tanta intensidade os sentimentos!!!

  5. Évila Santana disse:

    Essa cena realmente é maravilhosa.
    E como diz a Keira naquela época mulheres não apertavam as mãos dos homens, portanto a primeira vez que Darcy toca em Elizabeth, que é nesta cena o memento é lindo mesmo, por ser o primeiro toque de pele e pele deles.
    Sendo que essa cena mexeu com os sentimentos dos dois, principalmente com a Elisabeth que ficou com a “cara” de quem não entedeu nada, pelo fato dela acahar que ele não gosta dela.

  6. Ester de Mesquita disse:

    É tão profunda!Mostra que um simples toque é capaz de tantos sentimentos!Tão romântico!

  7. Jheyscilane disse:

    A primeira vez que eu assisti o filme *-* Eu quase não percebi o significado desse gesto =@ Para mim é um dos mais lindos do filme inteiro, está entre os meus 5 melhores momentos rsrs
    Tão lindooo, romântico e d+ =) Apaixonada mesmo!

  8. Renata disse:

    Arrepiei! Rs… Mt linda essa cena!!! ♥ ^.^ ♥

  9. Edna disse:

    Nossa cada vez que vejo essa cena ela grita e cala fundo no coração. Um simples gesto, mas revela tanto. O calor do toque, a necessidade de um pelo outro, a consciencia plena que a vida de um completa no outro. Sem dúvida é de tirar o fôlego !

  10. Sissy disse:

    É lindo essa hora! É como se ele deixasse de lado sua máscara de orgulho e desse um pequeno deslise para perto dela… e depois o close nas mãos dele, como tentando mostrar o quanto ele queria se livrar daquele sentimento, mas não podia. Lindo, lindo!!

  11. Sandra Cabral disse:

    Samanta
    A jheyscilane falou dos 5 melhores momentos, pensei com meus botões vou fazer o meu top 5, que virou top 6,7, 8, 9 e…ai deixei pra lá e resumo da ópera alem de não conseguir escolher uma ordem de importãncia das cenas que me cativam a cada hora aparecia mais uma cena com alguma pequena delicadeza ou a escancarada paixão contida.
    Mas falando de primeiro toque, aquele olhada, na Assembléia em Meryton que ele olha e olha denovo não só a Lizzy percebeu, mas nós tambem, pois ele a tocou com os olhos. ai ai..
    bjs

  12. Katherine disse:

    Essa cena é muitoooo boa eu me pergunto sempre se o objetivo dele era chamar a atenção dela porque a principio neste momento ele não estava disposto a aceitar a própria paixão ou se ele apenas não resistiu ao desejo de sentir as mãos dela ou se as duas coisas ou mais só sei que se eu presenciar pessoalmente um olhar de MM como esse, mesmo que ele esteja gravando com alguém e eu esteja assistindo o mundo pára na hora e eu desmaio porque é lindo demais como pode Lizzy não desconfiar seus olhos são o verdadeiro exemplo de janela da alma imagina o olhar de apaixonado dele verdadeiro ai ai…..

  13. claudia garcia moura disse:

    Sempre pensei que este gesto fosse um meio de ele ver como seria aceito,já que não esta no livro e naquele tempo não se usava ser tão ousado.Como ela não fez nada,só ficou olhando ele se encorajou.Mesmo que no final desta mesma cena mostre as mãos dele de novo,num gesto de negação,afinal ele lutava contra o sentimento.Já disse antes,uns dos pontos altos do filme é o recurso que o diretor teve de cada cena tratar de várias histórias que depois ganham importancia.Confesso que a 1° vez que vi não dei bola.Tá bom,estava embebecida não só com a historia,mas tambem com aquele encanto de rapaz.Esta cena entra fácil no meu top20 de O&P.

  14. Flavia Aline disse:

    Toda vez que eu assisto o filme, eu volto 3.564.786.000 vezes essa cena! Essa cena tem uma magia especial, é um simples toque, mas, carrega um significado tão grande, que é impossível não suspirar e ficar fazendo aquelas caras bobas, que só gente apaixonada por esse filme faz….
    Amo demais essa cena, é uma das mais perfeitas! *-*

  15. Sandra Cabral disse:

    Samanta
    Passei por aqui so pra avisar que O&P vai passar amanhã no canal a cabo TNT as 19hs25, pra quem por acaso não viu a chamada, é bem legal saber com antecedência…
    Ele é o 1º de 3 fimes de época diga-se de passagem muito bons “A Outra” com Scarlett johansson e Natalie portman e “O conde de Monte cristo” com Jim Caviezel, uma bela sessão de época. “fica a dica”.

    PS infelizmente a TNT dubla seus filmes apesar que alguns tem SAP.
    fica a dica

    • Obrigado pela dica Sandra,
      Pena que é dublado mesmo, mas na Sky dá para tirar a dublagem.
      Quero ver O Conde de Monte Cristo que ainda não vi, mas provavelmente vou baixar para assistir.
      🙂


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s