Criminal Justice 2

Juliet Miller (Maxine Peake) para todas as aparências tem uma vida perfeita. Ela é casada com Joe (Matthew Macfadyen), um advogado de sucesso, tem uma filha adolescente, Ella, e uma casa impecável. Joe é um cidadão modelo, exemplo de bom pai e bom marido, mas isso são apenas aparências, pois com a esposa ele demonstra todos os indícios de ser abusivo e controlador, ainda que para o espectador isso pareça muito sutil. Uma noite, Juliet esfaqueia o marido, que acaba morrendo, e daí que se desenrola a história dela enfrentando o sistema penal, e a luta de suas advogadas que tentam provar que Julliet cometeu o crime por sofrer abusos do marido.

Eu assisti essa série faz um tempão, e foi em doses homeopáticas pois depois que o personagem do Matthew morre eu perdi o interesse, e a Juliet me irritava muito. Seria impossível falar dessa série sem dar esse spoiler, de que Joe é esfaqueado no final do primeiro episódio, e que no segundo não tem falas além de ser mostrado no hospital até sua morte. Mas e a atuação do Matthew? Incrível, embora curta! Não é à toa que ele ganhou um BAFTA por esse papel. Para quem não assistiu e acha difícil de acreditar que com aqueles olhos doces ele consiga convencer no papel de um marido abusivo, não poderia estar mais enganado. Ele não comete clara violência física contra Juliet, mas fica claro desde o princípio que ela teme o marido, e que ele controla todos os aspectos da vida dela. A real violência que acontece é no ato sexual, que deixa a gente imaginando exatamente o que aconteceu (pelo menos eu fiquei) quando ele diz no ouvido dela ‘Está lá embaixo’. Isso só é esclarecido no último episódio, e sim, eu estava certa, e é bem perturbador.

Depois do crime, o foco passa a ser totalmente sobre Juliet, enquanto ela é presa, interrogada e processada criminalmente. E para piorar a situação, ela está grávida. O que irrita em Julliet é que enquanto suas advogadas estão tentando ajudá-la e montar sua defesa, ela se recusa a falar sobre o que aconteceu, o que motivou ela a matar o marido. Como Joe era um advogado respeitado, muitos se recusam a aceitar de que ele poderia ser abusivo ou violento com a esposa. E a filha adolescente Ella também tem uma imagem idealizada do pai, e não perdoa a mãe pelo crime. Não vou dar mais nenhum spoiler, tudo se esclarece no final, mas isso também é importante para dar minha opinião.

Acho que todo mundo vai fazer a mesma pergunta que eu: ‘Porque matar? Porque não tentar buscar ajuda? Porque não fugir?’ Mas a medida que vamos conhecendo Juliet, apesar de ela não falar muito sobre fatos, fica claro que ela é extremamente perturbada psicologicamente, que os abusos do marido roubaram sua sensatez e personalidade. Ela não tinha liberdade, ele tirou tudo dela, e ela só podia existir da maneira que ele permitia, até o ponto de ela não saber mais quem realmente era. E a gravidez foi um fator importante, mas falar mais sobre isso estragaria o final para quem não assistiu.

Uma coisa interessante que como fã eu tenho que mencionar: no primeiro episódio, Ella está escutando um áudio book de Orgulho e Preconceito momentos antes do crime, e no quarto episódio a família que acolheu Ella está na sala reunida assistindo a série O&P de 1995. E os rostos conhecidos? Julliet (Maxine Peake) Miss Wade em Little Dorrit; Saul (Eddie Marsan) Mr. Panks também de Little Dorrit; e o advogado de acusação é o Mr. Collins de Lost in Austen.

Para baixar por torrent, é a segunda temporada neste torrent. Legendas aqui.

Anúncios

24 Comentários on “Criminal Justice 2”

  1. Dayse Ruth disse:

    Eu já assisti esta série, e é bem tensa, e me parece que é baseada em como o sistema judiciário inglês reage como relação as mulheres e tbm quando o “acusado” no caso é membro desse mesmo sistema.
    Enfim, a interpretação do Matthew é “impecável”, pois ao mesmo tempo que o personagem demonstra ser um marido atencioso, amoroso e pai dedicado, na intimidade do quarto ele se revela completamente diferente.

    • É mesmo Dayse. Esqueci de comentar sobre o aspecto machista do sistema judiciário, e da hostilidade sofida pelas advogadas e da Juliet por parte dos colegas de Joe e da polícia.

  2. Barbara disse:

    Oi Samanta.
    Gostaria de conseguir a primeira parte da série Criminal Justice (1×01) (1×02) (1×03)…. Será que eu também consigo no Rapidshare? Ah! Já ia me esquecendo! Poderia me informar em qual post você anexou o link para video com cenas quentes do MM em The Project? Procurei no Youtube e não encontrei. Obrigada e beijos!

    • Oi Bárbara,
      Não encontrei no Rapidshare, mas eu encontrei torrents que te encaminhei por e-mail.
      O vídeo de The Project não fui eu quem postou, foi a Luciana Campelo nos comentários.
      Acredito que seja este aqui:

  3. Luciana disse:

    Samanta,

    seus comentários foram perfeitos! No começo senti um pouco de raiva da Juliet, mas como nunca passei pelo o que ela passou (graças a Deus), não posso julgá-la por este ato insensato.

    E o Matthew mereceu o prêmio, atuou muito bem! É verdade que tive que separar o ator do personagem, pois como fã é difícil vê-lo em um papel tão abusivo assim, mas sempre que ele aparecia eu ficava encantada. 🙂

  4. claudia garcia moura disse:

    Impecável trabalho de ator,merecia o prêmio que ganhou.Quando um ator passa tal sentimemto,tal carga dramática é um grande ator.E o Joe de Matthew é um desses monstros que moram na “casa ao lado” e ninguêm desconfia.Um tema atual e delicado,e confesso que na parte que ele canta baixinho no corredor,fiquei com vontade de pegar no colo,mas depois…..
    Como um ser humano pode ficar em tal estado de desespero,com Juliet,não consigo nem imaginar.Os dois estão de parabéns.

  5. Ester disse:

    Oi garotas!!!

    Eu amo muito esses filmes criminais.
    Mas vai me doer ver o MM mal. igual em Hobin Wood.

    Eu queria saber se esta legendado.

    e se voce puder Samanta me manda o criminal justiça um tambem.

    Bjs ester.

    Ps.: finalmente tomei vergonha na cara e assisti cranford, os dois, nossa é muito bom, JUDI DENCH, é maravilhosa, que diferença.

    agora estou asintindo the woman in white.

  6. Ane disse:

    Olá Samanta! Gosto muito do seu site…e principalmente das suas dicas para a gente assistir… Obrigada por vc postar essa série que é super difícil achar na net…adoraria assistir pois o MM é tudo de bom, além, é claro, de excelente ator…mas, por esse servidor (Rapidshare) é impossível, cada parte demora horas…prefiro abaixar em torrent …por isso, gostaria de saber se vc sabe algum link para eu abaixar a série em torrent…e a seasson 2 também…Super Obrigada. Beijokas e Sucesso pro site!!!

  7. pabla disse:

    Pela indicação do Blog acabei de assistir à série ( obrigada pelos links) e realmente é ótima, amei a atuação, o drama. E é realmente tenso ver o matthew de vilão, mas devo dizer, me convenceu totalmente principalmente na cena dos dois na cama. A Maxine Peake também não fica para trás, muito boa. Só fiquei um pouco frustrada com o final, esperava mais explicações pelos comportamentos tanto dela, quanto dele.
    Agora fora do contexto, por quer fazer referência justamente a Pride and Prejudice? Insensibilidade com os fãs rsrsrsrsr

  8. keila disse:

    Algúem sabe onde consigo baixar The Criminal Justice e Enid???? São alguns da minha lista que não assisti. Se alguem quiser Spooks eu tenho só falar que envio!!!

  9. keila marco disse:

    Ahhhh The Projetc tb não achei, se alguém souber de algum link!!!

  10. keila marco disse:

    Algúem sabe onde consigo baixar The Criminal Justice e Enid???? São alguns da minha lista que não assisti. Se alguem quiser Spooks eu tenho só falar que envio!!!

  11. cynthiaraujo disse:

    Oi eu gostaria de baixar as duas temporadas alguem tem? ou sabe aonde?

  12. Oi eu gostaria de baixar as duas temporadas alguem tem? ou sabe aonde? ou como faço?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s