Homens que Amamos: O Capitão Rupert Penry Jones

Rupert William Penry-Jones

Idade: 41 anos (22/09/1970)

Altura: 1,88

Status: casado com a atriz Dervila Kiwan desde 2007

 Porque amamos ele: Quando li Persuasão pela primeira vez, me encantei pelo Capitão Wentworth, e logo quis ver uma adaptação para a TV ou cinema para colocar um rosto no meu 2º herói preferido de todos os tempos. Para minha decepção, a primeira versão que assisti foi a de 1995 com o talentoso, mas feio demais, Ciáran Hinds. Então, que felicidade foi quando vi a versão de 2007 e me apaixonei completamente por aquele capitão loiro, alto, lindo… aff Loiros nunca “float my boat” como diria Amanda Price, mas o Rupert me conquistou a primeira vista. Como resistir aqueles olhares, ou as palavras “I have loved none but you” naquela voz? O Rupert tem aquele tipo de beleza que me encanta, beleza realmente máscula, e não aquela perfeição óbvia. Juntamente com Matthew Macfadyen e o Richard Armitage, eles formam o que eu chamo de Dream Team. E para nossa sorte podemos ver os três maravilhosos na série Spooks. Rupert como Adam Carter é simplesmente irresistível. Mas para mim ele sempre vai ser o Capitão Frederick Wentworth, não importa quantos venham depois dele.

 

.

Filmografia: Jane Eyre (1997) como St John Rivers; Virtual Sexuality (1999); Charlotte Gray (2001); Casanova (2005) série BBC; Match Point (2005) – vou ter que assistir esse filme de novo, pois não lembro do Rupert nele!; Persuasão (2007) como o inesquecível Capitão Wentworth; Spooks MI5 (2004-2008) Como Adam Carter; The 39 Steps (2008); Silk (2011-2012); Whitechapel (2009-2012), e Treasure Island (2012).

.

Curiosidades:

  • Os pais e o irmão dele também são atores.
  • Namorou a cantora Kylie Minogue em 1999. Quando perguntado sobre o motivo do fim do relacionamento, Rupert disse ter confessado à então namorada que não gostava do tipo de música que ela fazia… então vocês já viram né?
  • Ele participou do programa da BBC “Who Do You Think You Are” que traça a árvore genealógica de pessoas conhecidas, e ele descobriu que tem antepassados na Índia.
  • Ele e a esposa se conheceram em uma produção teatral chamado “Dangerous Corner” em 2001. Ele atuaram na série Casanova em 2005, mas não contracenaram juntos. Eles tem 2 filhos, Florence, nascida em 2004, e Peter, nascido em 2006.
  • Trabalhou como modelo, desfilando pelas passarelas de Milão e Paris antes de engrenar a carreira de ator.


26 Comentários on “Homens que Amamos: O Capitão Rupert Penry Jones”

  1. Évila disse:

    Samanta estava com saudades desse post.
    O Rupert não tenho nem palavras para descrever a adimiração que tenho por ele.
    Para mim ele será sempre meu amado Capitão Wentworth.

  2. Mandy disse:

    Primeiro: Adorei a gif do SNL!!!!!!!!! (Muito descritiva)

    Agora é sério: eu AMO esse homem! Ele fez jus ao Cap. Wentworth! O Ciáran pode até ser bom ator, mas como o nosso amado Frederick (Bleh!).
    Você disse que não lembra do RPJ em Match Point, mas é porque iinfelizmente ele aparece bem pouco. Acho que o personagem dele nem tem nome! (Que absurdo)!
    E um conselho: NÃO ASSISTAM CHARLOTTE GRAY!!!! É revoltante!

    SPOILER!

    Ele só aparece no início e no finalzinho! Mas pelo menos, a gente pode ver ele de uninforme da RAF!

    • Margareth disse:

      SPOILER!

      Pirei com Charlotte Grey! Não é um absurdo? Quem, em sã consciência, ia sequer olhar para o Billy Crudup?

      • Mandy disse:

        Até que enfim alguém que viu!!!!

        SPOILER

        Eu assisti aquela droga até o fim só na esperança que ele não tivesse morrido! E a criatura vai pro meio da Guerra pra encontrar o Rupert (quem não faria o mesmo?), passa por aquilo tudo. O próprio Rupert passa por um monte de coisa pra voltar pra ela, pq durante o filme inteiro ela ficou falando que amava ele mais que tudo e etc e aí quando eles se econtram ela não gosta mais dele? Como assim?!

        E a parte dela na França é a coisa mais chata do mundo. Só se salva pelo “Dumbledore” que tb morre!!!

        Aff, filme horroroso!!!!

  3. Sandra Cabral disse:

    Olá Samanta
    Nossa que legal, passei por aqui e…um post novo! e ainda escrito entusiasticamente por você, fiquei muito alegre, também amo o capitão rsrs e não há outro além dele, e a essa altura da vida amo loiros e morenos rsrsr e não é que também não lembro dele em Match Point deviamos estar cegas pelos outro colírios do filme, alem do dito ser um filme muito tenso.
    Um beijo e Ótimo feriado

  4. Sandra disse:

    Samanta, até que enfim!!!
    Pensava que te tinhas esquecido dele.

    “O Rupert tem aquele tipo de beleza que me encanta, beleza realmente máscula, e não aquela perfeição óbvia”

    Concordo plenamente com esta tua afirmação. E homem loiro também ‘doesn’t float my boat’…

    Eu já vi a filmografia toda dele, menos ‘Casanova’ que tenho já baixado. Adoro o Cap Wenthwort dele (e venham as versões de Persuasão que vierem, ele sempre será o verdadeiro captain Wenthwort), mas… como Adam Carter ele está simplesmente magnífico.

    Esqueceste-te destas fotos, se me permites😀

    http://fuckyeahrupertpenryjones.tumblr.com/post/21313691283

    http://fuckyeahrupertpenryjones.tumblr.com/post/20356866897

    Abraço

    Sandra

  5. pabla disse:

    Só li o livro Persuasão por causa dele. Sério, os homens de Jane Austen sempre roubam a cena, e amo ele como capitão Wentworth.
    P.s.Samantha, vc poderia me mandar o diário dele também? Persuasão é o segundo livro que mais gosto em Jane Austen e sinto a carência de bons livros ou mesmo fanfics sobre ele, vc por acaso tem algumas dicas?
    Abraços!

  6. Marcia disse:

    Samanta:
    Do mesmo modo que para você, os três são meu “Dream Team”, só que na seguinte ordem: Richard, Matthew e Rupert. E engraçado que eu adoro loiros (meu marido é loiro), mas meus dois morenos vem em primeiro lugar…

  7. Anna Paula disse:

    Samantha!!!
    Olhe eu aqui de novo.
    Encontrei outra versão de O&P,nas tuas coisas, que fiquei mto curiosa pelo tom “caliente”!
    Se tiver como, me manda Affinity and Affection.Estou mto curiooosaaa, vou ler antes das outras, esse novo perfil do Darcy deixou tdo mto mais interessante….
    Obrigada.
    Anna Paula

  8. AAAAhhh, achei que tinha esquecido do RPJ!!!

    Concordo: “ele tem uma beleza máscula…”

    Poxa, posta mais!! rsrsrs Lembro que vc disse no face que ia postar uma tradução (ff), mas num to achando – já faz um tempinho, mas foi depois do início das duas séries “Homens que amamos” e “Aventuras pela Inglaterra…”.

    To cobrando, mas é pq ADORO o seu blog… é viciante…

    Ah, vc tem o diário do Cap. Wentworth? Me manda (paula.bmp@gmail.com)?

    Bjs

    • Paula,

      Eu comecei uma tradução mas perdi o tesão no meio do caminho e coloquei de lado. Mas uma hora dessas eu termino. Vou te enviar o Cap. Wentowrth’s Diary por e-mail.
      🙂

  9. Flavia Aline disse:

    Não Existe possibilidade de não amar o Rupert! Ele é lindo, talentoso… E óbvio, com uns olhos desses, não tem nem que tentar explicar, nem como não ter uma queda total por ele!
    Lindo o post! E lindo ele! lindo tudo…

    ps: eu andei sumida, mas a coisa tava mesmo muito corrida, vou tirar um tempo pra ler e comentar os posts, que estou totalmente atrasada, e desatualizada daqui. Me fez falta esse tempo longe! e saudade das suas traduções Samanta! beijos!

  10. claudia garcia moura disse:

    Agora sim,o meu Dream Team esta completo!Confesso que não gosto de homens loiros,e Rupert é uma das poucas exceções.Mas como não sonhar com o capitão Wenthworth.

  11. Ane Louise disse:

    O melhor e mais bonito capitão Wenthworth *-*

    Senti falta dos seus posts Samanta.

  12. Hanna disse:

    Olá Samanta tenho que concordar que a versão de 2007 de Persuasão ficou muito melhor com o Rupert ele é simplesmente lindo, a minha cena favorita é quando a Anne fala pra ele que ela não está noiva do primo o olhar que ele dá e um sorrizinho muito tímido me deixaram alucinadas por ele….e é exatamente isto que vc falou ele tem uma beleza máscula irressitível….amei esse post….bjs!!!!

  13. Margareth disse:

    Simplesmente amo o Ciàran Hinds, mas, depois do Rupert, não existe outro Capitão Wentworth. A cena em que ele ergue a Anne para colocá-la na carruagem com os Croft… quem não quer um HOMEM desses? Afffff! Meus sais!
    E continuo dando xilique porque preferiram o Daniel Craig para fazer o James Bond! Dá para acreditar?

  14. Erika disse:

    Blonds never “float my boat”!! adorei isso
    Rupert William Penry-Jones é a primeira exceção depois de uma espécie de
    “efeito wickham” pq quando eu li e assisti P&P os “galegos” como eu chamo tbm caíram no meu conceito…

  15. jaqueline araujo disse:

    No filme Match Point ele é um tenista amigo do Chris Wilson (Jonathan Rhysmeyers), eles se encontram por acaso na saida de uma loja , depois disso o Crhis ainda o procura ( o personagem do Rupert) para se aconselhar, pois estava perdido sem saber que decisão tomar (ficar com a amante ou com a esposa) . naquela época eu nunca tinha assistido nada com ele, mas eu pensei comigo mesmo ( nossa que rapaz lindo!) , pena que no filme ele apareça tão pouco. Acho que o Rupert deveria trocar de agente , ele é lindo demais , talentoso , mas quase desconhecido…
    A propósito neste blog nunca se falou no Jonathan Rhysmeyers, nem tão pouco do Matthew Goode ( o playboy Tom) , acho a voz do Tom maravilhosa!!
    aliás outro dia assistindo os comentários do diretor de O&P , ele disse achar a voz do MM impressionante , ” ele parece ter camadas em sua voz”.

  16. Luiza Costa de Oliveira disse:

    Saudades desses posts… Aff!! o ue dizer do Rupert (super-chegada dele, né??…rsrsrsrsrs)? Apenas isso: “Ele é como um bom vinho.”
    A-DO-RO vInhos!!!
    Parbéns pelo blog

  17. Renata Rocha disse:

    acho que ele seria um otimo christian grey….

  18. Monique disse:

    Poxa ele é realmente a cara da beleza !!!!!!!
    É por isso que eu gosto da beleza americana tdb!

  19. Monique disse:

    E da beleza dos ingleses!

  20. Monique disse:

    🙂

  21. Diemy disse:

    Qual não é a minha surpresa quando descubro este post e o começo a ler sem conseguir parar de exclamar “OMG!”. Tudo o que escreveu aqui é LITERALMENTE o que eu penso sobre este senhor. Conheci-o (quem dera!) na série britânica “Whitechapel” (a qual adoooro!!) mas foi realmente em Persuasão que me comecei a apaixonar. Comecei a ver a série Spooks mas ainda não a terminei pois, entretanto, outras coisas colocaram-se no caminho mas do pouco que vi, adorei a personagem dele. Para além do que disse no post, eu confesso que o que mais me encanta nele é mostrar ser um homem inteligente e extremamente maduro (do pouco que vi e me apercebi nas suas entrevistas). Sem dúvida, um dos meus britânicos favoritos.😛

    p.s. adorei a ideia da Dream Team. Os três juntos é demasiado para o coração de uma mulher xD


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s