Anne of The Green Gables – 1985

Anne Shirley é uma menina órfã que passou a infância em casas de estranhos como empregada e em orfanatos, até que é adotada por um casal de irmãos já idosos. Só que houve um engano, já que Matthew e Marilla Cuthbert queriam um menino para ajudar Matthew nas tarefas da fazenda, e não uma menina que não teria serventia para eles. Mas Anne conquista logo de início o coração do quieto e tímido Matthew, que se encanta pela menina inteligente, imaginativa e tagarela. Já a severa Marilla não é conquistada tão facilmente, e chega a ir devolver Anne, mas volta atrás na última hora. Anne logo se adapta a vida com os irmãos e os outros habitantes de Avonlea, e com sua tão sonhada “amiga do peito”, Diana, com quem se mete em alguns problemas, e o colega rival de escola, Gilbert Blyte.

Esse filme é baseado no romance da escritora canadense Lucy Maud Montgomery, publicado em 1908, que já vendeu 50 milhões de cópias e foi traduzido para 20 idiomas. Eu não conhecia ainda, mas quando alguém aqui pelo blog me questionou resolvi assistir e não me decepcionei. Uma história doce, inocente, e que colocou lágrimas nos meus olhos em alguns momentos. Impossível não se encantar pela Anne, assim como o Matthew (achei ele um fofo) e Marilla se encantaram. O toque de romance, ainda que muito, muito inocente, fica por conta do relacionamento de Anne com o colega de escola Gilbert Blyte, que comete o erro de debochar do cabelo ruivo de Anne no primeiro dia de escola, fato que ela leva anos para perdoar. Tudo muito, muito fofo. Eu recomendo! O filme tem mais de 3 horas de duração e vemos a Anne crescer diante dos nossos olhos, de menina a mulher. Pelo que eu li tem sequências, e vou procurar para ver em breve.

Não achei nenhum site em português para download, mas como sempre o torrent me salvou. Apesar de ser de 1985 a qualidade de imagem do torrent é ótima. Então aqui vai o link do torrent: Anne of The Green Gables. As legendas, se você usa o BS Player, o próprio programa procura uma compatível para você (foi o que eu fiz), senão, eu achei também nesse link: Legendas.