Homens que Amamos: That Dan Stevens

Daniel Jonathan Stevens

Idade: 29 anos (10 /10/1982)

Altura: 1,83

País: Inglaterra

Status: casado com Susie Hariet

Porque amamos: Dan é o homem que conseguiu fazer o sem sal do Edward Ferrars ser sexy e apenas isso já o faz ser digno de reconhecimento. Encantou as Janeites em Razão & Sensibilidade (2008) – na minha modesta opinião ele foi melhor que o Hugh Grant no mesmo papel – e foi descoberto pelo mundo como o herdeiro low profile Matthew Crawley na maravilhosa série Downton Abbey. 

Apesar da adolescência difícil, Dan era um aluno brilhante e se formou em Literatura Inglesa em Cambridge. Adotado, ele diz que nunca sentiu como se pertencesse, sempre se sentiu isolado e daí surgiu a rebeldia. Ele não atribui, no entanto, essa sensação de ‘não pertença’ apenas ao fato de ser adotado, “eu acredito que estava simplesmente dentro de mim” diz ele. Alguém mais ficou com vontade de ajudá-lo a ‘pertencer’? Acho que o Dan estava precisando de um abraço…

O título deste post se refere a como o Dan é conhecido pelas fãs. É assim que o encontramos em seu perfil no Twitter (twitter.com/thatdanstevens), onde ele se comunica com os fãs de forma sempre atenciosa e através do qual é possível conhecer um pouco mais sobre esse jovem ator que com certeza terá uma carreira muito bem sucedida.

O Dan é um fofo. Quem resiste àqueles lindos olhos azuis, aquele jeito todo querido e aquele sotaque digno da realeza inglesa? Eu nem quero resistir!

Trabalhos sugeridos: A Linha da Beleza (2006), Razão & Sensibilidade (2008), Downton Abbey (2010 -), Summer in February (filmando).

Curiosidades:

  • Os pais adotivos de Dan são, ambos, professores.
  • Estudou Literatura Inglesa na Emmanuel College, Cambridge.
  • Tem uma filha chamada Willow, que nasceu em dezembro de 2009.
  • Diz que nunca foi muito feliz na escola e nunca se dava muito bem com as outras crianças.
  • “Ainda há um pouco de rebeldia em mim. Talvez agora eu vá me rebelar contra a minha própria carreira. Para o meu próximo papel eu deveria escolher algo completamente diferente do que todos esperam. Eu não sei o quê – mas você deve sempre esperar o inesperado.”

  • Post elaborado pela Deborah Mondadori Simionato.