Orgulho e Preconceito vai ganhar versão erótica

Lembram que no último post eu comentei sobre a trilogia “Fifty Shades of Grey”? Pois então, hoje eu vi uma notícia que muito me interessa e decidi dividir com vocês! Estou elaborando o post sobre Fifty Shades (ou Cinquenta Tons de Cinza) e espero poder postar em breve. Como já mencionei antes, não tenho preconceitos com leitura, e leio livros eróticos SIM, mas Fifty Shades não se trata somente disso, como muitas pessoas gostam de rotular. E eu realmente não vou me importar de ver os clássicos revisitados de uma forma erótica, desde que seja feito com bom gosto. E vocês, o que acharam da idéia?

Uma editora especializada em livros para adultos planeja publicar edições eróticas de clássicos como “Jane Eyre” e “Orgulho e Preconceito”, segundo o jornal britânico “The Independent”.

A empresa se diz 100% convencida de que existe um mercado para versões picantes de romances do século 19 de autoras como Charlotte Bronte e Jane Austen, e de que essas versões introduziriam obras clássicas a “uma nova geração de leitores”.

Entre os outros títulos na mira da Clandestine Classics estão “Northanger Abbey”, também de Jane Austen, e as histórias de Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle.

O anúncio coincide com o sucesso do “Fifty Shades of Grey”, romance erótico de E.L. James apelidado de “pornô das mamães” pela mídia britânica.

Fonte texto: Folha de São Paulo.

Capas: Huffington Post