Mansfield Park e A Abadia de Northanger em DVD

Novos lançamentos da Log On: Mansfield Park e A Abadia de Northanger de 2007 produzidas pelo canal ITV. Eu amei essa versão de Abadia de Northanger mas essa de Mansfield Park… argh… Mas acho que vou acabar adquirindo para completar a coleção. Os DVDs estão em pré-venda no site da Livraria Cultura e por enquanto o preço está salgado, R$ 42,90 cada. Para quem se interessar abaixo tem os links:

Mansfield Park

A Abadia de Northanger

 

 


Jornada nas Estrelas & Manfield Park

Mais uma pérola de Grigg em O Clube da Leitura de Jane Austen.

“A relação entre Edmund e Fanny. Eles pareciam irmão e irmã. Mas então, no final, é como O Império Contra-Ataca, mas é ao contrário. Você sabe? Porque no Jedi, Luke Skywalker, ele esquece a Princesa Leia quando ela acaba por ser sua irmã. Edmund esquece Miss Crawford e fica com Fanny, que é sua prima-irmã, então… Isso incomodou mais alguém?”


Manfield Park – Jane Austen

Desde pequena Fanny Price vive com parentes ricos em Mansfield Park, uma bela propriedade no interior da Inglaterra. Inteligente e estudiosa, aproxima-se de Edmund, o único entre seus primos que compartilha sua paixão pelos livros, e passa a nutrir sentimentos profundos por ele. Com a chegada dos Crawford à vizinhança, porém, Edmund apaixona-se pela cínica Mary, e o volúvel Henry Crawford encanta-se por Fanny.

Depois que descobri Orgulho e Preconceito e consequentemente Jane Austen, resolvi que tinha que ler todos os livros dela que foram publicados. E assim eu segui com Razão e Sensibilidade, Persuasão, Emma, Mansfield Park e A Abadia de Northanger. Já declarei várias vezes que meus preferidos são Orgulho e Preconceito e Persuasão e que amo Jane Austen, mas não adianta, Mansfield Park é um tédio. Fico mais tranquila de saber pelo menos que não estou sozinha e que tem muita gente que compartilha o sentimento. Eu simplesmente não consigo ter simpatia por Fanny Price ou Edmund Bertram. Fanny é a única heroína mosca-morta de Jane Austen, enquanto todas as outras eram fortes à sua maneira. Alguns defensores dizem que ela é mal compreendida mas eu realmente não consigo ver nenhum mérito nela. E o que dizer de Edmund? O único dos heróis de Jane Austen que não tem qualquer apelo para mim (Edward Ferrars também não figura na minha lista de preferidos mas ele tem alguns poucos méritos).

Dia desses trocando umas idéias com uma amiga virtual que conheci através do blog, falamos sobre algo que deve ter passado na cabeça de todo mundo que leu o livro: e se Fanny tivesse cedido aos charmes de Henry Crawford? Eu acho que ele realmente era apaixonado por ela, mas dificilmente o tipo de homem que se manteria apaixonado e fiel por muito tempo. Fanny era apaixonada por Edmund desde sempre, mas será que alguém consegue me explicar quando exatamente ele resolveu que amava Fanny? Ele amava ela como irmã, mas quando ele passou a amá-la como mulher? Parece que ela foi apenas a substituta mais próxima para ele curar as feridas deixadas pela paixonite por Mary Crawford.

Eu assisti a duas adaptações: Palácio das Ilusões (1999) e Mansfield Park (2007 da ITV). O primeiro até que não é tão ruim, fizeram um cross-over com uma Fanny meio Jane Austen, que escreve e tem uma língua afiada, e um pouco de insinuação sexual que sempre ajuda a vender o filme – a insinuação homossexual entre Mary Crawford e Fanny especificamente. O Edmund do Jonny Lee Miller é meio chorão demais para o meu gosto (mas adoro ele como Mr. Knightley em Emma). Quanto ao filme de 2007 não tem nada que se salve, nem mesmo um Edmund bonitinho para agradar aos olhos, e a Fanny de Billie Piper consegue ser ainda mais mosca-morta do que eu imaginava quando li o livro. O final mostra exatamente o que eu sinto a respeito do ‘amor’ de Edmund por Fanny: um dia ele acorda de manhã e decide que ela é a mulher da vida dele. Em ambos os filmes se dá a entender que rola um clima entre eles antes, mas no livro não há nada além de amor fraterno da parte dele. Mas como disse a Bernadette em O Clube da Leitura de Jane Austen; ‘Um pouco de Jane Austen é melhor do que nada.’

Links para baixar: Palácio das Ilusões (1999), e Mansfield Park (2007)


Austen Couples – You and Me

Não tem todos os meus casais favoritos, mas tem o principal, Darcy e Elizabeth. Música You and Me – Lifehouse (linda 😦 )