Austenland – Filme

1000052_395991357176329_484007480_nFinalmente, depois de muitas tentativas frustradas consegui assistir Austenland com a ajuda dos links que o pessoal deixou aqui nos comentários. Então, em primeiro lugar, obrigado gente! Pena que todas essas expectativas foram logo frustradas nos primeiros minutos do filme. Quem não leu o livro e/ou quem não gosta de spoilers tem que parar de ler por aqui… O filme não tem nada a ver com o livro. Acho que se pode dizer que o filme foi inspirado no livro em uma idéia geral, mas não me parece que foi baseado nele. Para começar o personagem da Jane é retratada como uma idiota. Que mulher de 30 e poucos anos tem um quarto cheio de bonecas, uma casa de boneca e escrito na parede “DARCY ROCKS”. No livro ela ganha a estadia em Austenland de uma tia e fica em dúvida se deve ir ou não, no filme ela usa todas as economias que tem para embarcar nessa viagem que aparentemente é o maior sonho da vida dela. A Jane do livro é fácil de se relacionar. Ela é uma mulher independente, inteligente e romântica com uma fixação saudável por Orgulho e Preconceito, e é claro, sem sorte no amor, anseia por conhecer um Mr. Darcy. A Jane do filme é bem patética e vive em um mundo de fantasia. Ela é ridícula ao ponto de fazer a viagem para a Inglaterra fantasiada com trajes de época! E a Austenland do livro é para ser um local discreto, exclusivo, onde o século atual é deixado completamente para trás e todos os aparelhos eletrônicos e modernidades são banidos. Já a do filme está anunciada por todos os lados, os funcionários são vistos usando ipods e óculos de sol, e o pior de tudo, a anfitriã fala com os hóspedes através de auto-falantes que ecoam pela propriedade.

E por último e não menos importante, o personagem do Mr. Nobley é totalmente modificado. No livro ele é sim um ator que passou diversas temporadas em Austenland, no filme ele é um professor de história que está apenas fazendo um favor para a tia, preenchendo um lugar de outro ator. O final até que foi mais ou menos fiel ao livro, e talvez a única fala que foi dita no filme que veio do livro foi dita por ele quando diz que ela é a fantasia dele. E o final da Srta. Charming foi roubado do segundo livro, Midnight in Austenland.

austenland6

Tendo dito tudo isso, o filme não é de todo ruim, principalmente para quem não leu o livro (ou não gostou dele). Eu sou perfeccionista, é inevitável. Adorei o JJ Feild como Mr. Nobley. Quando assisto uma adaptação de um livro que gosto eu assisto sempre xingando e dizendo “Não acontece assim no livro!” 🙂 Consegui dar algumas gargalhadas, então acho que vale a pena conferir. O arquivo do link é um dual-áudio, para quem não sabe o que isso significa, ele tem áudio em inglês e dublado em português. Na hora de dar o play é só escolher nas configurações do seu player que áudio você prefere.

Vamos aos links: Austenland – filme – Dual áudio e Austenland- legendas

E a maior verdade de todas ditas no filme:

1512147_10202944242705744_1715358815_o

 

Anúncios