Captain Wentworth’s Diary – Amanda Grange

Esse livro é um dos motivos pelos quais eu resolvi começar a comprar arquivos de e-book ao invés de comprar o livro de papel. Demorou quase três meses para chegar!

Capitão Wentworth, o herói de Persuasão, conta nas páginas de seu diário, os acontecimentos em torno de seus encontros e desencontros com Anne Elliot. Eu já sabia mais ou menos o que esperar, pois além de conhecer a história, esse livro é da mesma autora de Mr. Darcy’s Diary. Aliás, Amanda Grange já escreveu ‘diários’ para vários mocinhos de Jane Austen; Mr. Knightley (Emma); Coronel Brandon (Razão e Sensibilidade); Edmund Bertram (Mansfiel Park); Henry Tilney (Abadia de Northanger) e até o canalha do Wickham (O&P) ganhou um diário. Mas meu coração só foi tocado por Darcy e Wentworth, então dispenso o resto.

No caso do Capitão Wentworth, o ponto de vista da autora oferece muito mais do que simplesmente recontar a história da perspectiva dele. As primeiras 120 páginasdo livro oferecem um relato de como tudo aconteceu; como ele conheceu Anne, como eles se apaixonaram, e quando e como eles se separaram. Em Persuasão a história começa direto no ano em que Wentworth volta para a vida de Anne, sabemos que eles foram noivos e que ela terminou o noivado, mas pouco se fala sobre o passado dos dois. No diário a autora aproveita para desenvolver esse passado, e eu adorei. Quando ele pede ela em casamento pela primeira vez, numa caminhada ao amanhecer, me lembrou a cena final de O&P de 2005. Dá para morrer de dó quando ele escreve sobre os planos para o futuro, quando se sabe que nada vai acontecer como ele espera.

O formato de diário não me agrada, e o livro pula do momento da separação deles direto para 8 anos depois quando ele está prestes a reencontrar ela. Achei meio estranho, mas ia ser difícil resumir esses 8 anos sem ficar chato, eu acho. Leitura recomendada para as fãs mais ávidas! Sobre traduções.

Anúncios