Death Comes to Pemberley – BBC 2013

dea

Graças a esse universo maravilhoso da internet, não precisei esperar uma eternidade para assistir Death Comes to Pemberley, que estreou no dia 26/12 na Inglaterra. Ontem mesmo já consegui links para baixar, mas como a minha internet é muito, muito, muito lerda demorou bastante para baixar e só consegui assistir hoje. O 2º episódio está sendo baixado enquanto digito esse post 🙂

death

Bom, minha primeira impressão foi boa, a qualidade da série incrível como tudo feito pela BBC, e ver Chatsworth como Pemberley novamente aqueceu meu coração. Como eu não li o livro não tenho como opinar se é fiel ao enredo ou não, só posso dizer que eu tinha a idéia errada, achava que o Wickham era assassinado, mas não, é o amigo dele Denny. Quanto ao elenco, é difícil se acostumar com novos rostos interpretando nossos personagens mais querido, mas gostei muito da Lydia, do Sr. Bennet e especial do Wickham (Matthew Goode, hummmm!). Sou obrigada a comentar que os personagens principais é que decepcionaram, pelo menos na aparência. Matthew Rhys tem sua beleza, mas quase todos os homens do elenco são mais altos do que ele, e o traço mais marcante do Darcy era altura… E a Elizabeth? Gente, a Elizabeth se casou com 21 anos e a série é para se passar 6 anos após o casamento, mas a Elizabeth da Anna Maxwell Martin (que tem 36 anos) parece muito velha e cansada. Ela interpretou a Bessy em Norte e Sul, o que foi um papel perfeito para ela pois ela tem uma cara de doentinha, frágil, o que não combina em nada com Elizabeth Darcy.

death

Tendo dito isso, eu gostei das cenas do Darcy e da Elizabeth, e apesar das minhas reservas eles são felizes e apaixonado, e ter esse olhar sobre a vida de casado deles foi um sonho realizado para uma fã de Orgulho e Preconceito. Me senti lendo uma fanfic que ganhava vida.

29/12- Acabei de assistir o terceiro e último episódio e confesso que amei! A série mostrou o lado que a gente sempre imaginou da vida de casados do Darcy e da Elizabeth, ele claro, marido e pai carinhoso (suspiros). Não sou boa de fazer resenha sem dar spoilers então não vou elaborar muito. Mas tem o final feliz da Georgiana também que eu amei. Bem que outros livros desses poderiam virar filmes, séries, afinal nós fãs nunca cansamos de Darcy e Elizabeth.

dd

Para quem quiser baixar os episódios, seguem os links: Death Comes to Pemberley – Episódio 1 e Death Comes to Pemberley Episódio 2. e Death Comes to Pemberley Episódio 3

Atenção! Legendas em português para o primeiro episódio já estão disponíveis aqui:Legendas ep 01; Legendas ep 02; Legendas ep 03

Ou aqui: http://omelhordatelona.biz/death-comes-to-pemberley/

 

Anúncios

Call the Midwife – BBC 2012 –

imagesHoje eu trago uma dica de série para vocês, mais uma obra linda da BBC. Tenho assistido muitas séries boas, mas algumas não tem legenda em português por isso não posto. Um desses casos é Miranda, que já mencionei no post sobre o Tom Ellis. A protagonista da série é hilária e gostei tanto dela que procurei outros trabalhos, e foi assim que conheci Call the Midwife.

A série se passa nos anos 50 em Londres, e conta a história da perspectiva de Jenny Lee, uma parteira recém-formada que vai trabalhar no ofício junto com outras parteiras e as freiras da Casa Nonato, um convento, parte de uma ordem anglicana. Elas tem que atender várias necessidades da comunidade de uma das áreas mais pobre de Londres. O trabalho primário delas é atender as futuras mães e realizar os partos, enfrentando várias dificuldades pertinentes à falta de recursos da época e a pobreza da população. É sobre as histórias dessas pessoas e das enfermeiras e freiras que se trata Call the Midwife (Chame a Parteira em português). A série foi criada baseada nas memórias de Jennifer Worth, portanto inspirada em fatos reais. A primeira temporada estreou em Janeiro de 2012, e devido ao sucesso logo ganhou mais uma.

14008780_JRDG8

call_the_midwife_2455254bEu sempre digo que nasci na época errada, e em termos de figurino uma das minhas preferidas é os anos 50, e a série é impecável em retratar o ambiente e os trajes da época. Mais do que isso, a série encanta com as ótimas interpretações e as histórias tocantes. Impossível chegar ao fim de um episódio sem lágrimas nos olhos. Por isso eu recomendo para quem prefere drama de qualidade, ao invés do ridículo carnaval que são as novelas brasileiras.

Call the Midwife

Por enquanto só temos a primeira temporada com legendas em português. O blog Séries UK que tinha os links, infelizmente saiu do ar, mas ainda há a possibilidade de download por torrent. Clique aqui para baixar por torrent: Call the Midwife.

Call+the+Midwife