Midnight in Austenland – Shannon Hale

Midnight in Austenland jacket

Quando Charlotte Kinder se dá de presente duas semanas de férias em Austenland, ela deixa alegremente para trás seu ex-marido e sua nova e encantadora esposa, seus adoráveis filhos, e todo o resto de sua vida real na América. Ela coloca seu chapéu e se hospeda uma mansão que oferece uma experiência imersiva no mundo de Austen, com cavalheiros atores que atendem às fantasias das hospedes.

Todos em Pembrook Park estão desempenhando um papel, mas cada vez mais Charlotte não tem certeza onde os papéis terminam e a realidade começa. E quando os jogos de salão tornam-se um pouco ameaçadores, ela acha que precisa de mais do que um bom espartilho para se manter segura. O sisudo Mr. Mallery é tão sinistro quanto parece? Qual é a doença misteriosa de Miss Gardenside ? Havia realmente um corpo no sótão secreto? E, talvez o mais importante, poderia o despertar no coração de Charlotte ser um sinal de um amor de verdade?

Enquanto espero o filme Austenland finalmente aparecer em torrent, fui ler o livro Midnight in Austenland, sequência do primeiro. Assim como acontece com os filmes, sequências raramente superam o primeiro livro, e nesse caso realmente não superou. Eu amei o primeiro livro, me identifiquei muito com a personagem principal e a obsessão dela pela camisa molhada do Colin Firth, entre outras coisas. Diferente da Jane Hayes de Austenland, que era obcecada desde sempre pelo mundo de Austen, Charlotte só descobriu as obras de Jane Austen depois de ser deixada pelo marido, e ela usou o mundo criado nos livros como uma fuga. Quando seus filhos vão passar as férias com o pai e sua nova esposa ela resolve mergulhar de vez nessa fuga, passando duas semanas no mundo mágico criado em Austenland.

Lá, reencontramos alguns personagens do primeiro livro, a proprietária Sra. Wattlesbrook, Miss Charming e Coronel Andrews, e conhecemos os novos cavalheiros, Mr. Edmund Grey, que em Austenland é irmão de Charlotte, e o misterioso Mr. Mallery, o Mr. Darcy da história, ou assim parece.

Acho que Midnight in Austenland teve mais inspiração no livro A Abadia de Northanger, pelo clima de mistério envolvendo mortes e desaparecimentos, algumas inventadas e outras…. E em Mansfield Park, pois a Charlotte é uma mistura de Catherine Morland e Fanny Price, pois ela é muito, muito boazinha. E tem outra relação entre Mansfield Park que não posso comentar pois é uma baita spoiler. Se alguém quiser trocar uma idéia, por favor, estou ansiosa para discutir com alguém que leu. Em algum momento é mencionado que os livros preferidos dela são A Abadia de Northanger e Mansfield Park, então acho que essa é a referência. Sou mais Orgulho e Preconceito e Persuasão, mas vou tentar não julgar…

O fato é que uma mulher de 35 anos, mãe de dois filhos, empresária de sucesso, se tornar obcecada por mistérios ao estilo Catherine Morland foi meio cansativo, e pouco convincente em alguns momentos. Mas gostei muito da reviravolta no final, já estava achando tudo meio previsível.

Mesmo com alguns pontos negativos, eu gostei da leitura, e recomendo Midnight in Austenland, principalmente para quem gostou do primeiro livro. P.S. Para o livro fazer sentido tem que ler Austenland primeiro para não ficar boiando! 🙂 Post sobre Austenland aqui.

Anúncios

10 Comentários on “Midnight in Austenland – Shannon Hale”

  1. Miss Dorrit disse:

    Eu li o livro, mas não li Mansfield Park…

      • Miss Dorrit disse:

        Não, confesso que os comentários que li sobre eles não instigaram a minha curiosidade com relação à estória…
        A Abadia de Northanger, eu até pretendo ver.
        Entendo a sua ansiedade! É uma pena que eu não possa cooperar!
        Por outro lado, li Austenland e concordo com a sua análise de que é melhor que a sequência.
        Midnight parecia bem previsível e e a atitude de Charlotte realmente não convence muito como investigadora de mistérios, se deixando levar pela situação de forma meio irresponsável e adolescente.Acho que qualquer mulher da idade dela, com dois filhos pra criar e se sentindo ameaçada, com um celular à disposição teria contactado a polícia já na metade do livro… isso afeta a estória,mas não desmerece o livro completamente e concordo que é um bom passatempo.
        Abraço

  2. Paula M disse:

    Samanta você sumiu, onde está você??? Não abandone a gente…. =(

  3. Claudia Nobre disse:

    Samanta você sumiu, onde está você??? Não abandone a gente…. =( 2

    Simplesmente A D O R O seu blog!! Já indiquei para minha irmã que é janeite como eu e sempre trocamos impressões sobre livros em geral….

    Parabéns!!

    O único problema depois de conhecer seu blog é que fiquei ainda mais viciada em Mr.Darcy….

  4. Claudia Nobre disse:

    Samanta, pq vc não publicou meu comentário???? ;-(

  5. Mara disse:

    Boa noite Samanta, conheci o seu blog através do blog da Lizzie Rodrigues e adorei.
    Não sei se seria absurdo pedir mais vc bem que poderia se juntar com a Lizzie, e traduzir a fanfic “Uma canção inesperada”. Essa fanfic é muito boa, só que absurdamente grande, estou louca para ler o final. Por favor pense com carinho.
    Aproveitando seu blog é muito, muito bom, adorei as suas traduções.
    Muito obrigada.

  6. camila monteiro disse:

    ola samanta , conheci seu blog na procura do google por noticias do lindo mm…
    e amei seu blog!! as traduções, publicações , tudooo é perfeito! virei fã do seu blog! parabéns.

  7. […] Eu li o livro em inglês quando foi lançado há quase dois anos atrás e fiz um post sobre o livro. Segue o link para quem quiser conferir: Midnight in Austenland – Shannon Hale […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s